Videoconferência é uma ferramenta de discussão que permite o contato visual e sonoro entre os profissionais de saúde que estão em lugares diferentes, dando a sensação de que os interlocutores encontram-se no mesmo local.

Permite não só a comunicação entre um grupo, mas também a comunicação pessoa-a-pessoa.

Essa comunicação é feita em tempo real e além da transmissão simultânea de áudio e vídeo, o sistema oferece recursos de cooperação entre os usuários, compartilhando informações e materiais de trabalho.

O equipamento de videoconferência possui capacidade de estabelecer uma comunicação ponto a ponto, e para que vários pontos se conectem simultaneamente é preciso utilizar um equipamento denominado MCU (Multiponto Control Unit).

O ambiente de videoconferência é composto de uma sala com uma câmera especial e um equipamento de imagem (televisão ou datashow).

Os serviços de telessaúde do NTES-IMIP utilizam a videoconferência para a realização de teleconferências (cursos e conferências), e para teleconsultoria (reuniões para discussão de casos clínicos).